capa_pesquisa

3 Super Métodos de Pesquisa Aplicados Em UX

maio 16, 2022
10:46

Se você acompanha nossos conteúdos, já deve estar cansado de saber que UX é sobre desenvolver algo, com foco nas necessidades do usuário e, a melhor forma de fazer isso é realizando pesquisas para entendê-los profundamente.

Por outro lado, pesquisar não é apenas sobre sair por aí fazendo perguntas ao Google. Pesquisa exige método, técnica e objetivo.

É justamente aí que entra o UX Research, que conforme matéria que publicamos recentemente, trata-se de uma etapa do processo de UX, na qual são feitas diversas pesquisas que servirão como base para o desenvolvimento do produto ou serviço.

PORQUE PRECISAMOS DAS PESQUISAS?

O propósito é justamente coletar o máximo de informações sobre o mercado, concorrentes, usuários e suas necessidades. Com esses dados em mão, conseguimos responder perguntas como:

● Para quem a solução será destinada?
● Quais necessidades serão atendidas?
● Quais recursos serão necessários?

Logo, aplicá-las acaba sendo essencial para traçar estratégias e tomar decisões importantes sobre desenvolvimento. Ajudando a conhecer os usuários cada vez mais, bem como o contexto em que estão inseridos e as dores que possuem.

Além disso, pesquisas também podem auxiliar a mapear os caminhos adotados pelos concorrentes, proporcionando mais noção sobre boas práticas de mercado que podem ser implementadas no negócio.

3 METODOLOGIAS PARA VOCÊ APLICAR

Antes de tudo, é importante ressaltar que, não necessariamente uma metodologia exclui a outra.

Um desenvolvimento UX geralmente possui 5 etapas. Cada etapa pode (e deve) contar com diferentes métodos e técnicas de pesquisa, justamente para validar e testar todas as hipóteses, de formas distintas.

Mas sem mais enrolação, vamos as 3 metodologias que inclusive, utilizamos muito por aqui:

1. Questionário estruturado

Esse é possivelmente um dos métodos mais utilizados quando falamos em pesquisa, pois pode ser aplicado nas mais diversas situações, seja para testar hipóteses, mapear personas ou até para medir o NPS de uma empresa.

Trata-se de uma maneira simples e cômoda de coletar informações quantitativas ou qualitativas (se você não sabe o que é isso, acesse essa matéria), onde perguntas pré-definidas são inseridas em um questionário para que pessoas possam respondê-las, de forma online ou presencial.

Nesse caso, quanto maior a sua amostra, melhor e mais preciso serão os resultados obtidos.

2. Testes de usabilidade

O teste de usabilidade é quase que uma etapa obrigatória de validação, quando falamos em experiência do usuário. Nele, o responsável pela pesquisa se reúne com um ou mais usuários e observa enquanto eles usam a solução, seja ela um site, aplicativo, software ou produto.

O ideal é predeterminar algumas “tarefas” importantes para construção da análise, que precisarão serem concluídas pelos usuários participantes. Isso ajudará a mapear a jornada, bem como identificar pontos de melhoria e testar hipóteses sobre o uso do que foi desenvolvido.

3. Pesquisas secundárias

Pesquisas secundárias consistem na coleta e análise de dados e informações advindas de fontes externas. Em outras palavras, a pesquisa secundária acontece ao consultar e estudar artigos científicos, livros, pesquisas de consultorias feitas para outros projetos, etc.

Esse método é muito mais ágil e menos custoso, ideal para aplicação de técnicas específicas como: benchmarking, análise da concorrência, formulação teórica e outros aplicáveis mercadológicos.

A única desvantagem desse método é que nem sempre você encontrará as informações que procura, precisando recorrer a outras metodologias.

BÔNUS: ENTREVISTA EM PROFUNDIDADE

Bom, como o nome já indica, neste método, o researcher realiza uma entrevista com os usuários ou stakeholders do projeto, justamente para identificar suas percepções sobre o que quer que seja, ou mesmo para entender como realizam determinada tarefa.

Nesse caso, o entrevistador pode utilizar roteiros de perguntas ou simplesmente deixar o papo rolar, para que o entrevistado se sinta confortável e acolhido. O ideal é gravar todas as entrevistas para não deixar passar nenhuma informação.

CONCLUSÃO

Com esse texto, esperamos que você tenha entendido a importância da pesquisa para garantir o bom desempenho de uma solução, quando lançada ao mercado.

Essas são apenas algumas das centenas de métodos que existem por aí. Costumamos utilizar vários deles em tudo o que desenvolvemos por aqui. Caso você queira trocar ideias sobre pesquisa e experiência do usuário, já sabe onde nos encontrar!

Maysa Barbosa

Content Strategist

Inscreva-se em
nossa newsletter

E receba por e-mail nossos conteúdos exclusivos

    pt_BR